Cervantes, 400 anos depois: a vida da leitura

No marco dos 400 anos da morte do romancista Miguel de Cervantes, o Instituto Cervantes de Lisboa e a Fundação José Saramago convidaram personalidades da literatura para ler um trecho da obra do autor. O vídeo, exibido no dia 23 de abril de 2016, traz 14 leituras em seis línguas.

Anúncios